16 de dezembro de 2017

Resenha: Império de tempestades (Tomo 1) - Sarah J. Maas, Galera Record

Informações do livro:
Título: Império de tempestades
(Tomo 1)
Trono de vidro #5
Título original: Empire Of Storms
(Throne Of Glass #5)
Autor: Sarah J. Maas
Editora: fo Record
Páginas: 364



Sinopse: Antes de serem traídos pelo atual rei, os Galathynius reinaram em Terrasen por séculos. E agora Aelin deseja recuperar a coroa e voltar a seu trono de direito... Mas o caminho até lá é longo e sinuoso. Amigos serão perdidos, lealdades serão quebradas e alianças inesperadas surgirão. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mas a única salvação está numa relíquia enterrada nas ruínas de um velho pântano. Primeira parte do quinto volume da série Trono de Vidro.


Leia também:
Trono de Vidro #0.5 A lâmina da assassina - Sarah J. Maas (Galera Record)
Trono de Vidro #1 Sarah J. Maas (Galera Record)
Trono de Vidro #2 Coroa da meia-noite - Sarah J. Maas (Galera Record)
Trono de Vidro #3 Herdeira do fogo - Sarah J. Maas (Galera Record)
Trono de Vidro #4 Rainha das sombras - Sarah J. Maas (Galera Record)

Sem spoilers

Resenha: "Império de tempestades" foi dividido em dois tomos, o que eu achei bem desnecessário. Seria muito melhor se o tomo I e o tomo II fossem apenas um volume, mas enfim né.. Confesso que essa é uma resenha bem difícil de fazer por não poder falar muito da história, já que da série Trono de vidro, esta é a parte cinco. De qualquer maneira, irei expor mais as minhas impressões, como já costumo fazer por aqui.

Ansiedade é o que não faltou para fazer essa leitura, ainda mais porque é um enredo complexo demais, assim como há muitas emoções entrelaçadas. Até pensei em escrever num post só sobre o tomo I e o tomo II, mas pensei que não seria justo, já que, querendo ou não, são dois volumes, e ambos tem muito a acrescentar na história.

Celaena - ou Aelin Galathynius - sempre se colocando em risco, e agora suas provações parecem ser maiores, se é que isso é possível.  Fico abismada por tudo que ela passa e como consegue suportar as pressões. É fato que a autora não tem pena dela, ou então quer explorar o máximo de suas forças. Aelin está se tornando mais incrível do que eu jamais poderia imaginar, pelo menos quando tenho lembranças do que ela era lá no início. 

O bom é que todas as cenas são cercadas de muita ação, envolvendo ainda mais quem está lendo. Não há previsibilidade aqui, pelo contrário, só há muitos desejos de honra, assim como sacrifícios bem dolorosos. Não sei se concordo com algumas coisas, mas tenho certeza que a autora sabe o que faz, e não vai decepcionar.

Intrigas é o que não faltam, mas isso a gente já pode esperar mesmo, da mesma forma em que é bem difícil confiar em algumas pessoas. Sabemos que nesse caminho, alguns se mostram bem leais na luta, mas ainda resta alguns questionamentos sobre o que determina cada um. A relação com Rowan também vem tomando boas proporções, o que particularmente, é um dos grandes destaques para mim.

Enfim, eu também já conclui a leitura do tomo II, mesmo porque achei muito necessário ter os dois em mãos. É uma sequência que não dá para deixar para ler em outro momento, visto todas as necessidades de explicações e dilemas relacionados. Em outro post, compartilharei o resto de minhas impressões sobre um todo do volume cinco.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo