12 de janeiro de 2018

Resenha: Garotos de lugar nenhum - Elise McCredie, Rocco Jovens Leitores

Informações do livro:
Título: Garotos de lugar nenhum
Título original: Nowhere Boys
Autor: Elise McCredie
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 260



Sinopse: Sam, Jake, Andy e Felix são quatro garotos adolescentes pegos de surpresa numa tempestade que deixa suas vidas de cabeça para baixo. Depois de sobreviverem a uma noite na floresta tentando se proteger de um temporal, eles voltam para casa esperando uma recepção calorosa e descobrem que ninguém os reconhece. Para suas famílias e seus amigos, eles são completos estranhos. Aprisionados em um mundo onde não existem, Sam, Jake e Andy estão desesperados para recuperarem suas vidas. Só Felix parece estar em conflito: há algumas coisas nessa nova realidade de que ele gosta. Mas quando começam a investigar a situação, os garotos percebem que outras coisas na ordem natural também foram alteradas. Uma força das trevas está à solta, e eles precisam encontrar uma maneira de consertar tudo antes que o mal os destrua. Garotos de lugar nenhum é o primeiro livro da autora Elise McCredie e foi inspirado na série australiana de tevê Nowhere Boys.


Resenha: "Garotos de lugar nenhum", de Elise McCredie, não poderia ser mais instigante. Claro que eu já estava empolgada após conferir a sinopse, porém a história me surpreendeu muito, sem contar que todos os elementos são muito bem trabalhados ao longo das cenas. O mistério garante uma aflição logo nas primeiras páginas, assim como os vários questionamentos que surgem entre os personagens e o leitor, que se vê ansioso pelo desenvrolar dos fatos.

Sam, Jake, Andy e Felix passam por aventuras complexas demais, porém nem de longe, conseguem explicar como as reações de um dia podem interferir nos próximos dias que seguem. De qualquer maneira, é muito bom acompanhar as emoções que são desenvolvidas sobre cada um deles, ainda mais porque suas características o tornam bem diferentes um do outro.

A ambientação é um dos pontos centrais para mim, e se antes tinha curiosidade em assistir a série Nowhere Boys, agora fiquei ainda mais empolgada diante de como tudo é descrito. A apreensão é forte, porque as coisas seguiam um caminho tranquilo, mas tudo muda com uma rapidez enorme, o que pode nos deixar um tanto confusos sobre o que de fato vai acontecer. A curiosidade é maior por conta dos efeitos e características desenvolvidas. 

Ao longo dessa trajetória, é possível compreender algumas dicas que podem, supostamente desvendar os enigmas. Não que eu tenha acertado, porque a obra não é nem um pouco prevísivel, porém, depois que finalizei a leitura, pude repensar alguns episódios, e também voltei para reler alguns trechos. De fato, meu entendimento ampliou depois que fiz isso.

Apesar de não ser previsível, não poderia dizer que o enredo é totalmente criativo, porque realmente não é, visto que pude comparar elementos com outras histórias, na verdade como um tipo de lembrança acerca do gênero desenvolvido. Claro que esse é um comentário que não interfere em nada na minha classificação por esse livro.

É uma loucura perceber que as pessoas não os conhecem, e tudo se mostra ainda mais macabro ao perceberem que essa ausência afetou a todos, e muito mais do que poderiam imaginar. E é claro que podemos nos questionar sobre as consequências dessa ação, e como seria nossa atitude caso algo assim ocorresse. O simples fato de alguém  não lembrar que existimos pode gerar certo medo, dentre outras sensações receosas. Também há a questão da valorização do que temos, o que torna tudo ainda mais significativo.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo