3 de maio de 2018

Resenha: Um mundo sem príncipes - Soman Chainani, Editora Gutenberg

Informações do livro:
Título:A escola do bem e do mal
Um mundo sem princípes #2
Título original: A World Without Princes
Autor: Soman Chainani
Editora: Gutenberg
Páginas: 352



Sinopse: Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.


Resenha: Faz muito tempo que estava ansiosa para fazer a leitura de A escola do bem e do mal, de Soman Chainani. O fato é que tive a oportunidade de ler o segundo volume da série, então comecei a ler mesmo sem ter lido o primeiro volume. Sem contar que é um gênero que muito me interessa e no decorrer da leitura, pude perceber que todos os elementos foram muito bem introduzidos e trabalhados a favor dos personagens.

Na verdade, só pelo fato de haver a inserção de uma escola já chama a minha atenção, esse é um dos meus pontos fracos. Poder compreender toda a imensidão de um ambiente diferenciado e que trabalha com alunos com certos tipos de habilidades, é incrível demais. E as características nesse título são ainda mais empolgantes por trabalharem os dois lados: o bem e o mal, entre princesas, bruxas, vilões e afins. E sim, eu vou ler o primeiro volume logo!


Segundo a lenda, dois adolescentes eram levados de quatro em quatro anos, então os pais sempre ficavam com medo quando a data se aproximava. Claro que havia aquelas crianças com esperanças de serem levadas e já pensando no que poderiam se destacar na escola. Dentre elas, estão Sophie e Agatha, duas personagens com atitudes bem diferenciadas. Nesse caso, pude compreender que elas estão um pouco confusas sobre suas escolhas passadas.

Eu me enganei muito com algumas atitudes, e isso chama bastante a atenção, em especial porque o leitor espera uma coisa, mas quando percebe aconteceu tudo ao contrário. Gosto muito desse tipo de enredo, e Soman soube muito bem como apresentar as interpretações perante cada ação.

É uma ficção bem intrigante e que demonstra o quanto o bem e o mal possuem uma ligação, e devo dizer que é tudo muito surreal na verdade. Eu consegui me envolver na história depois de alguns capítulos, por mais que não tivesse lido o primeiro livro, e achei isso muito interessante. Significa que a narrativa é capaz de desenvolver traços bem compreendidos no desenvolvimento da história, isso de um modo geral.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo